Software para diagramação de álbum fotográfico

Outro dia me questionaram: “Qual o melhor software para diagramação de álbuns?” e me lembrei que eu também passei pela fase de procurar softwares que me ajudassem na diagramação, facilitando o trabalho de distribuir as fotos na página, permitir alinhamentos, centralizações, possuir templates para fundos, molduras e outros facilitadores.
Descobri o D-Book. Os demais concorrentes com características semelhantes não testei. Fiz um álbum utilizando este software e achei que a vantagem é a existência dos templates e sugestões de distribuição das fotos de acordo com o número de fotos que tem que dispor em uma página. São ótimas sugestões de composição.
Porém, a desvantagem (e grande) que vejo ao utilizar esse tipo de software é que depois dessa escolha, você não pode passar a impressão por outra empresa que não seja conveniada com a distribuidora deste software (digipix). Com isso, reduz-se o leque de opções de modelos e padrões de impressão que temos por aí.

Outra desvantagem é a utilização de links para as fotos. Tive um problema em minha máquina, precisamos formatar e mudamos a letra do diretório padrão, de “C:”, para “D:”. Com isso, todo o trabalho que eu tinha de álbuns elaborados pelo D-Book foi perdido, pois para abri-los, preciso mapear foto por foto para o novo caminho e não só isso, ainda redimensionar para o tamanho que havia sido utilizado (pois ao atualizar o link, a foto passa para o tamanho básico, independente da configuração que estava). E isso é humanamente impossível, é como refazer o trabalho novamente, pulando apenas a etapa de escolha das fotos.
Sou defensora de gerarmos nossas lâminas independente de software de diagramação. Eu uso o Photoshop, pois estou familiarizada com as ferramentas que ele dispõe e me permite grande flexibilidade de layouts e efeitos. Após o trabalho em PSD, basta salvar em TIF ou JPG, mantendo a resolução máxima do arquivo e importar para o software D-Book (se for o caso) ou outro. Há empresas que recebem o próprio arquivo JPG para impressão, como a Colorize, e disponibiliza as páginas templates, com as marcas de sangria, que podem ser usadas como base para a geração do arquivo no tamanho necessário para a impressão dos álbuns nos modelos que eles oferecem. Eu gosto assim. Aliás, estou fã da Colorize, fiz meu primeiro álbum com eles, recentemente e a qualidade é incrível. O preço é proporcional, mas para álbuns especiais vale a pena o investimento. Recomendo!
Qualquer dúvida, ou sugestão de ferramentas, deixem comentários!

Abs
Maria Fernanda Lima

4 comentários:

Tati Pitti disse...

ótimas dica moça! bjus

Landry disse...

gostei da dica vc manda uma tabela de preços pra mim

Landry disse...

gostei da dica vc manda uma tabela de preços pra mim

Landry disse...

gostei da dica vc manda uma tabela de preços pra mim

Postar um comentário